Ceratocone

O que é Ceratocone

O ceratocone é uma.doença que leva à deformidade progressiva da córnea e geralmente se manifesta na época da puberdade e costuma evoluir até próximo aos 30anos de idade.

 

Sua incidência é de 1 caso para 2.000 pessoas, e suas causas ainda são pouco conhecidas. Ocorre mais frequentemente em famílias com portadores de ceratocone, o que indica haver influência genética associada.

Estudos evidenciaram que alergias oculares e o fato de coçar os olhos têm forte influência na progressão da doença.

Sintomas do Ceratocone

A córnea é o principal componente óptico do nosso olho, e por ser neste tecido em que ocorre um afinamento progressivo, associado à protrusão e irregularidade, os pacientes com ceratocone apresentam geralmente altos graus de miopia e astigmatismo e uma mudança freqüente na prescrição do grau dos óculos.

Chega um momento que se nota uma piora visual que não melhora com óculos ou lentes de contato. Percepção de halos ao redor de fontes luminosas, imagens fantasma e sensibilidade aumentada à luz são outros sintomas bastante frequentes.

Existem pessoas portadoras de ceratocone sem manifestações clínicas, conhecida como forma frustra da doença. Nestes casos, o ceratocone não evoluiu e muitas vezes só é detectado, por exemplo, durante uma avaliação pré-operatória para cirurgia refrativa. Uma vez detectada a doença o procedimento é então contraindicado pela presença de uma fragilidade corneana com alto risco de piora se submetida à cirurgia.

Exames para Diagnosticar Ceratocone

A topografia de córnea é capaz de avaliar a curvatura corneana, detectando assim irregularidades na sua superfície. Já a tomografia de córnea avalia, além da curvatura corneana, a elevação anterior e posterior da córnea e sua espessura, permitindo detectar precocemente alterações sutis da córnea que sugiram a presença do ceratocone.

Tratamentos para Ceratocone

Com a progressão da doença os óculos sozinhos passam a não conseguir corrigir completamente a visão, sendo necessário tratamentos adicionais.

O ceratocone não possui uma cura, no entanto, existem vários procedimentos para tratamento.

As lentes de contato rígidas são a melhor forma de fornecer qualidade visual aos pacientes com ceratocone. Hoje existem diversos desenhos de lentes corneanas e lentes esclerais que podem ser adaptadas pelo oftalmologista, com o potencial de devolver qualidade e quantidade visual ao paciente.

Muitos pacientes voltarm a enxergar 100% com o uso dessas lentes, mesmo em casos avançados da doença, com grande limitação visual.

  • O Crosslinkling de córnea – é um tratamento cirúrgico que tem como finalidade aumentar a resistência da córnea e sua estabilidade. O objetivo é evitar a progressão do ceratocone.
  • Anel intraestromal de córnea – Um ou mais segmentos de anel, feito de um material biocompatível (PMMA), são implantados na camada média da córnea, chamada estroma, com o objetivo de aplanar a córnea que está muito curva, facilitando a adaptação aos óculos ou às  lentes de contato rígidas. Muitas vezes, com o aplanamento da córnea, o paciente apresenta ganho na quantidade e qualidade visual mesmo sem correção com óculos ou lentes de contato.
  • Transplante de córnea – é geralmente a última opção de tratamento, por ser mais invasivo e com maiores riscos a longo prazo, porém em certos casos muito avançados pode ser de grande ajuda.

Solicite agendamento

Dra. Laura Godinho Mendonça

CRM SC 29192 / RQE 19222

Dr. Leandro de Mello Shinzato

CRM 25181 / RQE 20204

Dra. Lyara Schaefer Sombrio Centenaro

CRM/SC - 20.738 RQE 17479
Atuação: Oftalmologia clínica e cirúrgica, Plástica Ocular e vias Lacrimais

Dra. Alena Tolentino Lopes

CRM 18.740 RQE 13234
Atuação: Oftalmologia geral, catarata, Córnea, cirurgia refrativa, lentes de contato e doenças de superfície ocular